A redefinição da cor nude

 

Eu falei nesse post aqui sobre a marca de lingerie britânica Skin Nubian, que criou tonalidades de nude (bege) para todas as cores de pele. Outras empresas entraram na onda e mudaram sua cartela de cores também. Bacana, né?nude01

Com o objetivo de mobilizar mais gente a aderir ao conceito de “nude” para todos os tipos de pele, o estudante Luís Torres, da Ithaca College em Connecticut, nos EUA, fez uma campanha na internet para mudar a definição da palavra no dicionário americano. Através da plataforma DoSomething.otg, o jovem conseguiu reunir 800 pessoas para que a frase “usar a cor que represente a pele de uma pessoa branca” fosse retirada da versão online do Merriam-Webster (dicionário online).  Genérica e realmente representativa, o novo significado ficou: “usar uma cor que combine com a pele da pessoa, dando aparência de nudez”.

Marcas aderem ao novo conceito da cor nude

De Louboutin a OBoticário, marcas do mundo todo agora se preocupam em oferecer produtos que combinem com todas as cores de pele e que suas clientes possam se sentir mais representadas.

Em seu recente lançamento, o OBoticário teve a ideia de disponibilizar 12 cores de base para que mais de 50 tons possam ser atendidos!

boticário01

 

Por anos, o sapato mais desejado da marca Louboutin era o Scarpim Nude. Em 2013, foi criada a The Nude Collection, e em abril deste ano, a coleção ganhou 7 tons de nude para atender todos os públicos!

louboutin01

 

As rasteirinhas da Tkees, que tem clientes famosas como Beyoncé, Gigi Hadid, Halle Berry e Jessica Alba, também aderiu aos vários tons de nude, e hoje, já é possível encontrar opções de todas as tonalidades!

tkees

Minimalistas e elegantes, unhas na cor nude são um clássico e super procuradas nas manicures. Para possibilitar essa experiência a suas clientes, a marca RGB criou uma coleção com os mais diversos tons!

RGB

A proposta da Nude Barre é oferecer a famosa meia-calça “cor de pele” em várias cores.

nudebarre

A preocupação com mais representatividade é uma boa notícia, e que isso possa ser cada vez mais difundido não só no mundo da moda, mas em todas as esferas de nossa sociedade ainda tão racista!

 

Besos,

Jéssica Severo

Jéssica Severo, mas pode chamar de Jess. Tem 25 anos, mora em SP, jornalista, aquariana e apaixonada por internet. Doida por fast-fashion, fast-food e produtos de beleza.